Juntos Contra o Melanoma inicia ações presenciais e estabelece círculo virtuoso no combate à doença

  • Últimas Notícias
  • Juntos Contra o Melanoma inicia ações presenciais e estabelece círculo virtuoso no combate à doença

As primeiras ações presenciais do Juntos Contra o Melanoma, ocorridas em São Paulo entre os dias 10 e 12 de agosto, fizeram história e marcaram o início de uma nova etapa nas iniciativas de conscientização sobre a doença. Realizadas em parceria com o Instituto Melanoma Brasil, paralelamente à 12ª Conferência Brasileira de Melanoma, conseguiram despertar a atenção da população e da mídia. Na ocasião, ocorreu a aguardada primeira edição dos workshops voltados ao público em geral e também a cabeleireiros, podólogos e tatuadores, profissionais que observam constantemente a pele de seus clientes e podem ter um papel importante na detecção precoce do câncer de pele mais perigoso. O melanoma provoca mais de 1.500 óbitos no Brasil todos os anos, mas tem mais de 90% de chance de cura quando diagnosticado em estágios iniciais.

 

Durante os workshops, médicos integrantes do GBM ofereceram informações gerais sobre o melanoma – características, sinais, sintomas, prevenção etc. – conforme as especificidades de cada categoria. Especialistas em psico-oncologia orientaram sobre a maneira correta e responsável de abordar uma pessoa – seja um cliente ou um conhecido – ao encontrar uma lesão suspeita. Afinal, é importante utilizar as informações obtidas de forma responsável e consciente, sem assustar ninguém.

 

No caso dos profissionais, as aulas trouxeram mais conhecimento e elevaram a autoestima. “Além de aproveitar o conteúdo, nossos profissionais se sentiram valorizados em sua atuação. Nem todo mundo imagina o quanto um cabeleireiro pode ajudar a salvar vidas”, afirma Daniele Pinheiro, gerente administrativa da Soho Academy, parceira do programa. “Foi fantástico. Recebemos que informações úteis para nossa rotina, que agregarão valor no atendimento prestado aos clientes, algo que prezamos”, completa Vanda Regina Costa, coordenadora técnica da rede de cabeleireiros Jacques Janine, outro parceiro do programa. Carlos Marques, do também parceiro JJ Cabeleireiros, aprovou a experiência. “A aula estava ótima. Este tema tão relevante não é conhecido por boa parte dos profissionais da área”, afirma ele.

 

 

Camilo Tuero, do estúdio parceiro Monster´s House Tattoo, pontua que o workshop trouxe esclarecimentos valiosos para sua prática profissional. “Sempre evitei tatuar pintas e tomava cuidado com cicatrizes. Mas não fazia ideia de como meu trabalho é importante para auxiliar os médicos e os pacientes. Aprendi coisas que não me passavam pela cabeça e, com certeza, a partir de agora meus clientes estarão ainda mais seguro”, afirma.

 

 

O podólogo Marcello Lamarc, da M  Lamarc Podologia, ressalta a relevância de um programa como este para sua categoria profissional. “O workshop nos enriqueceu bastante, traz um tipo de conhecimento a que todos devem ter acesso. Algumas lesões às vezes são ‘deixadas de lado’ pelos podólogos. A aula destacou como é importante prestar atenção a tudo e também quais são os limites da nossa atuação, em qual momento precisamos sugerir a avaliação de um dermatologista. Espero que o programa siga ativo e mais pessoas possam participar”, afirma.

 

 

O workshop para o público em geral, ministrado no dia 12 pela manhã, agradou igualmente aos participantes, que aproveitaram bem a oportunidade de interagir com renomados especialistas. “Faço tratamento contra o melanoma que surgiu em uma pinta no meu braço esquerdo. E eventos como esse são de extrema importância para que a gente possa se atualizar sobre a doença”, afirma Viviane Rissio Borba de Lima, paciente de melanoma e membro do Instituto Melanoma Brasil.

 

Sonho realizado

O dermatologista Elimar Gomes, idealizador e coordenador do Juntos Contra o Melanoma, afirma que as primeiras ações presenciais representam a realização de um sonho e do estabelecimento de um círculo virtuoso em que todos saem ganhando: médicos, profissionais e população. “Estudos internacionais já demonstraram a importância de dialogar com cabeleireiros, taduadores, podólogos e outras categorias”, informa ele. “Com o programa, desejamos estabelecer uma nova referência nas campanhas de conscientização, educando a população sobre a doença. Não há nenhuma forma de promoção de saúde tão completa quanto a dispersão do conhecimento”, completa.

 

Rebecca Montanheiro, presidente do Instituto Melanoma Brasil, parceiro do GBM na primeira ação presencial, ressalta o caráter inovador do programa. “ O Juntos Contra o Melanoma é uma iniciativa brilhante. Inúmeros profissionais estão sendo orientados sobre a doença e se tornando facilitadores para o alerta sobre este câncer de pele, o que contribuirá para o diagnóstico precoce”, acredita ela. “Para o Instituto Melanoma Brasil, foi uma honra fazer parte da realização da primeira edição do evento e continuaremos apoiando e participando ativamente dessa iniciativa”.

 

Impacto

As ações realizadas nesta primeira etapa não se restringiram aos workshops. A 12ª Conferência Brasileira de Melanoma contou também com um lounge dedicado ao programa. Lá, todos os interessados puderam conhecer melhor essa iniciativa inovadora. O espaço ainda contou com uma estação de maquiagem oferecida pela Dermage, no qual os participantes puderam se embelezar, e também com a colaboração de profissionais do JJ Cabeleireiros e Hi Salão, que ofereceram cortes gratuitos aos interessados em doar cabelos para a Rapunzel Solidária, organização que confecciona perucas para pacientes em tratamento oncológico.

 

O início das ações presenciais do Juntos Contra o Melanoma causou impacto. Além de conquistar parcerias e apoios importantes, o programa chamou a atenção na imprensa e nas redes sociais. Reportagens foram exibidas na Record, Bandeirantes e TV Cultura. O programa também “bombou” no Facebook; os posts geraram um alcance de mais de meio milhão de pessoas. Personalidades como os atores Nicette Bruno, Beth Goulart, Luiza Thomé e Gisele Itié, dentre outros, abraçaram a causa e vestiram a camisa do programa. Klebber Toledo, também manifestou publicamente seu apoio. Além de posar com a camiseta do Juntos Contra o Melanoma, o ator visitou o lounge do dia 10 de agosto e publicou um vídeo sobre essa experiência em sua conta no Instagram, que tem mais de 2,7 milhões de seguidores.

 

E tudo isso é apenas o começo. O propósito é crescer e replicar as aulas em outras cidades e ocasiões. Os salões de cabeleireiro, podologia e estúdios de tatuagem que apoiaram esta primeira ação receberão workshops in company em suas dependências, possibilidade se estende para outros estabelecimentos dispostos a oferecer apoio. E existem muitas outras formas de participar. Para saber como colaborar, clique aqui ou escreva para juntoscontraomelanoma@gbm.org.br. Contamos com você. Juntos somos mais fortes!

 

 

Depoimentos

“Os primeiros workshops foram uma experiência única para mim. Fiquei emocionada ao me deparar com pessoas dispostas a aprender, difundir o conhecimento e ajudar os outros. Em um momento tão complicado, em que nos tornamos muitas vezes individualistas e preocupados somente conosco, perceber que existem cidadãos engajados e preocupados com o todo nos motiva a sermos melhores. Essa semente do bem que foi colocada na vida de cada um com certeza já mudou a vida de todos! Tenho orgulho de fazer parte desse momento e me sinto responsável, junto com todos os demais integrantes, por eternizar o programa”.

 

Dra. Adriana Mendes, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma 

 

 

“Avalio tudo de forma totalmente positiva. O workshop para profissionais apresentou um conteúdo de alta qualidade de forma bastante responsável. Diferentes categorias foram acolhidas em sua especificidade e puderam compartilhar conhecimento”.

 

Dra. Christina Hass Tarabay, integrante da equipe de psicologia do Juntos Contra o Melanoma

 

“Foi muito gratificante participar da primeira edição dos workshops com cabelereiros! Todos estavam muito interessados em adquirir conhecimento e ter uma chance de contribuir com uma causa tão importante.  Eles entenderam também a importância do seu papel, uma vez que acompanham clientes durante muitos anos e quase sempre têm mais acesso à pele do couro cabeludo deles do que qualquer outra pessoa. Mais acesso até do que o próprio cliente, já que o autoexame nesta região é difícil! Sinto que o potencial do projeto é enorme, e que iremos gerar um ‘círculo virtuoso’ de informação, conscientização e envolvimento!”.

 

Dra. Flavia Sternberg, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Dentre as finalidades do GBM, a divulgação do conhecimento sobre a doença é a que permite prevenção primária (evitar que o tumor se desenvolva) e secundária (diagnóstico em fase muito precoce). Ambas são as medidas mais eficazes para a cura do paciente. Este foi o motivo pelo qual, como presidente do grupo, em passado recente, propus uma campanha de divulgação sobre melanoma, em todos os meios que conseguimos. Ao ver o Juntos Contra o Melanoma, que possibilita a participação do leigo de mãos dadas com profissionais de saúde, não posso deixar de me emocionar e ver uma centelha de esperança de que poderemos minimizar os efeitos devastadores do melanoma avançado, doença que está na pele e, mesmo assim, passa despercebida por muitos. Prevenir sempre é melhor que remediar”.

 

Dr. Gilles Landman, patologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Vivi uma experiência fantástica. Especialistas transmitiram informações de alta qualidade, acolheram outras categorias e ouviram o que eles têm a dizer, compartilhando da sua bagagem profissional. Tatuadores, cabeleireiros e podólogos saíram das aulas não apenas com informações importantes, mas também com orientações valiosas sobre como abordar seus clientes”.

 

Dra. Giseli Maria Neto, integrante da equipe de psicologia do Juntos Contra o Melanoma 

 

“Para mim, o workshop voltado ao público funcionou como uma continuidade do dia a dia do consultório, só que em escala muito maior. É graças a iniciativas como essas que hoje os pacientes podem receber diagnósticos cada vez mais precoces. Afinal, por mais que tenhamos grandes discussões científicas entre médicos durante a Conferência Brasileira de Melanoma, é junto aos nossos pacientes que o objetivo primário da nossa profissão se alcança”.

 

Dr. João Duprat, cirurgião oncológico, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Foi muito gratificante para nós, dermatologistas, participar de um evento tão nobre. Os tatuadores estavam entusiasmados com todo o aprendizado, fizeram perguntas pertinentes e interessantes. Muito bom saber que existem profissionais que querem fazer a diferença!”.

 

Dra. Juliana Casagrande, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Acho que os primeiros workshops para profissionais foram surpreendentes. Sem duvida, pensando em eventos futuros, com mais tempo para divulgação e possibilidade de realização em outros dias da semana, acredito que o resultado será ainda melhor. Para mim, o workshop representa uma ação que envolve muitas pessoas e as mobiliza em prol de um benefício coletivo”.

 

Dra. Luciana Godoi, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Como podemos encontrar um maior número de melanomas em sua fase inicial? O programa foi idealizado com a participação de pessoas que acreditam que a disseminação do conhecimento é a melhor forma de obter o diagnóstico precoce. Ver os profissionais interessados em mudar suas atitudes no dia a dia em prol desse objetivo foi nossa justificativa e nosso ímpeto para continuar. Acredito que iniciamos uma linda caminhada e estou muito feliz em poder participar disso”.

 

Dr. Marcelo Sato, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

 

“Minha participação no workshop dos tatuadores foi uma experiência gratificante. Percebi que os participantes tinham grande interesse no assunto e foi muito importante estabelecer uma aproximação com esses profissionais. Isso nos permite a chance de aumentar o diagnóstico precoce e de salvar vidas. É o início de uma caminhada juntos!”.

 

Dra. Mariana Meireles, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“O que mais me encantou nesta iniciativa foi seu grande poder simbólico: pessoas com trabalhos tão diferentes, mas com uma coisa em comum – elas veem e tocam a pele das pessoas –, descobrindo juntas que podem fazer a diferença. Uma grande experiência”.

 

Dr. Maurício Mendonça, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“No workshop de podologia, foi uma grata satisfação rever alguns ex-alunos do Senac Tiradentes, que estudaram lá nos anos 1990. Nesse aspecto de formação e busca por aperfeiçoamento, os podólogos são muito interessados e atuantes. Isso é reflexo do curso teórico e pratico extenso que influencia esse comportamento, por isso eles podem ser considerados grandes parceiros de ideias como a do Juntos Contra o Melanoma. Uma questão que existe desde quando iniciei os trabalhos com esses profissionais, e que persiste até hoje, é a dificuldade de contatar médicos, principalmente dermatologistas, para discutir e encaminhar casos de pacientes. Os médicos que se propuserem a participar do Juntos Contra o Melanoma devem ter a consciência de que os técnicos precisam ser acolhidos com respeito e espírito de parceria. Agindo assim, o programa obterá o tão almejado sucesso, que já está ocorrendo, mas que precisa ser permanente e crescente. Apenas assim poderemos vencer a batalha contra o nosso inimigo mais temível: a ignorância”.

 

Dr. Octavio Moraes, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Toda empreitada depende de organização, união e entusiasmo. Os primeiros workshops do Juntos Contra o Melanoma exemplificaram a capacidade de profissionais de saúde e população se unirem entorno de um objetivo comum: a luta contra o melanoma. O entusiasmo que percebemos é o que nos dá a certeza da continuidade deste projeto e a perspectiva de um controle cada vez melhor desta doença”.

 

Dr. Rafael Schmerling, oncologista clínico, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma

 

“Ficamos muito felizes com a adesão e interesse de todos os participantes. O workshop  teve muitas perguntas relevantes, e os tatuadores se mostraram interessados em aprender e diagnosticar precocemente o melanoma. Isso indica que estamos no caminho certo”.

 

Dra. Tatiana Blumetti, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma 

 

“Foi muito gratificante participar dos primeiros workshops para conscientização de tatuadores do Juntos contra o Melanoma. Transmitir informação e conhecimento a formadores de opinião é muito importante. Nós médicos temos o dever de levar esse tipo de conhecimento a todas as pessoas! Só assim poderemos combater com seriedade doenças tão graves quanto o melanoma.”

 

Dra. Vanessa Mussupapo, dermatologista, integrante da equipe médica do Juntos Contra o Melanoma